Me‎nino reclama de‎ dor ‎na perna e pais descobrem

来源:kmgdwlc.com   作者:   发表时间:2020-02-12 07:05:14

Renata com o filho Lorenzo, diagnosticado com leucemia (Foto: Arquivo Pessoal)

Lorenzo não tinha apresentado nenhum problema de saúde antes (Foto: Arquivo Pessoal)

No dia seguinte, Lorenzo foi transferido para um hospital infantil e, depois de colher mais exames, veio o difícil resultado: ele tinha 66% de células cancerígenas no sangue. 「Minha intuição estava certa, mas achei que iria desmaiar, não era possível. A minha afilhada não tinha laço de sangue, então, como eu iria viver aquele pesadelo pela segunda vez? Estava desesperada, mas como sabia da gravidade de uma leucemia, entrei em um modo racional para trazer conforto para ele naquele momento e já começar o tratamento. Ele foi transferido para a UTI por precaução e para fazer mais exames. Descobriram que tratava-se de leucemia linfoide aguda」, diz Renata. 

Lorenzo durante o tratamento (Foto: Arquivo Pessoal)

「Infelizmente, os efeitos colaterais da quimioterapia em crianças e adultos são iguais, ou seja, dores, cansaços, náuseas, vômito, queda de cabelo... Mas, a criança tem uma força que é diferente. Ela acaba de tomar uma picadinha, mas daqui a pouco já está entretida com alguma brincadeira e dando aquele sorrisão. É por isso que a equipe que trata esse tipo de paciente precisa ser preparada para transformar a dor em amor」, diz Neviçolino Pereira de Carvalho Filho, oncologista pediátrico e médico titular do departamento de oncologia pediátrica do Hospital A. C Camargo Câncer Center (SP).

O tratamento da leucemia linfonoide aguda dura cerca de dois anos, com os seis primeiros meses mais intensos, que os médicos chamam de fase do ataque, para fazer com que a medula óssea pare de produzir células cancerígenas. Vale lembrar que a leucemia é uma doença da "fábrica do sangue". 「Dentro da medula óssea temos três tipos de células: plaquetas, hemácias e leucócitos, que vêm de uma única célula, a famosa célula-tronco. A leucemia acontece quando há uma produção anormal em algumas dessas células」 diz Neviçolino. 

A causa da doença ainda não é totalmente esclarecida pela ciência e não se trata de hereditariedade. 「De 1 milhão de crianças 30 terão esse tipo de leucemia. A alteração anormal da célula pode acontecer ainda na fase intrauterina (na gestação) ou dos 2 aos 10 anos」, explica Luiz Fernando.

Lorenzo com o pai e a mãe (Foto: Arquivo Pessoal)

Renata também lembra que a rotina de toda a família mudou. 「Parei de trabalhar e tivemos que mudar tudo porque você tem que entreter a criança que não pode colocar nem o pé para fora de casa. Temos que esterilizar tudo, fazer comidinhas saudáveis, com ele sempre com a mão na massa, para passar o tempo, e procuramos deixar o momento o menos doloroso, sendo o mais otimista possível. A gente faz acampamento na sala com estrelinhas (pisca-pisca de Natal), faz 「fogueira」, derretendo marshamallow no grill elétrico, tem dia da pintura, a hora da leitura, o momento do canta e dança e por aí vai」, diz Renata.

Se a causa não está bem esclarecida pela ciência, o diagnóstico precoce, menos ainda. 「Os cientistas já encontraram algumas alterações genéticas que desencadeiam a leucemia no teste do pézinho. Mas, ainda é muito cedo para dizer que a alteração de um determinado gene pode resultar em leucemia porque têm pessoas que o carregam pela vida inteira e não têm câncer; em outras, a doença aparece. A medicina já avançou muito e esperamos que, em um futuro próximo, seja possível detectar a leucemia já no teste do pézinho. Mas será preciso ainda muitos estudos」, diz Neviçolino.

Infelizmente, a doença só é diagnosticada quando aparecem os sintomas: cansaço, anemia, sangramento, manchas roxas no corpo, dores nos ossos (como foi o caso de Lorenzo), febre, palidez... 「Por isso, é importante ficar atento aos sintomas. Mas nada de desespero porque esses sintomas na maioria das vezes são outras doenças, não leucemia. Estamos falando de uma doença rara」, finaliza Luiz Fernando.

编辑:

未经授权许可,不得转载或镜像
© Copyright © 1997-2019 by kmgdwlc.com all rights reserved